Vacinas evitaram aumento da pandemia

Desde a aprovação, em dezembro de 2020, as vacinas contra a covid-19 evitaram a morte de 19,8 milhões de pessoas, em 31,4 milhões de mortes potenciais, segundo o primeiro estudo que quantificou o impacto à escala mundial.

A maior parte das mortes (12,2 milhões das 19,8) evitou-se nos países de altos e médios rendimentos, uma contundente prova das desigualdades existentes no acesso às vacinas em todo o mundo.