Subida constante nos preços

A guerra na Ucrânia tem impulsionado uma subida constante nos preços dos alimentos

Uma análise da Deco Proteste aos valores praticados, revela que o preço do cabaz de bens alimentares essenciais registou uma subida de 0,53% (mais 1,07 euros) entre 25 de maio e 1 de junho, passando a custar um total de 205,98 euros.

Já desde 23 de fevereiro o preço do mesmo cabaz já aumentou 12,18%, ou seja, 22,35 euros.