Sindicato dos Jornalistas emitiu comunicado

A Direcção Regional da Madeira e a Direcção Nacional do Sindicato dos Jornalistas emitiram um comunicado no qual «congratulam-se com a decisão do Governo Regional da Madeira de manter em funcionamento tabacarias e quiosques, assegurando a venda de jornais e revistas.

Desta forma, mantém-se a normalidade democrática, ainda mais importante em contexto de emergência nacional.

No quadro da situação atípica actual, o SJ compreende as medidas das autoridades públicas para garantir a segurança e a saúde da população, contudo não pode deixar de sublinhar que a liberdade de imprensa não deve ser limitada para lá do que é estritamente necessário.

Refere ainda que «apesar da actividade económica na Madeira e no Porto Santo estar parada, o que afecta também os espaços de venda de jornais e revistas, não deixaria de ser simbólico o encerramento dos quiosques, espaços de garantia da informação».