Restauração pede “mudança de estratégia“

Os restaurantes pedem uma “mudança de estratégia” ao Governo que ponha fim às restrições nos horários, contabilizando perdas de faturação superiores a 70% no último trimestre e pedindo mais apoios.

“Três meses de contínuas medidas restritivas provocam quebras abruptas de faturação, ascendendo os 70% de faturação em relação ao período homólogo”, adianta a associação nacional de restaurantes PRO.VAR, num comunicado divulgado esta sexta-feira, no qual estabelece uma relação de causa-efeito entre esta quebra de faturação e “o aumento do desemprego (50 mil desempregados), encerramento parcial, falências e insolvências no setor (mais de 10 mil estabelecimentos)”.