Remessas de emigrantes

O site «bom dia» refere que as remessas de emigrantes representam “uma importante fonte de rendimento para as famílias” portuguesas e “contribuem positivamente para as contas externas” do país.
“Em Portugal, o valor de remessas recebidas é superior ao valor de remessas pagas”, o que significa que “o saldo das remessas de Portugal é historicamente positivo”, prossegue a informação que o banco central português disponibiliza no seu ‘site’.
Em 2020, Portugal foi o país da União Europeia que apresentou o valor mais elevado de remessas recebidas (3,6 mil milhões de euros) e no ano passado esse montante foi superior, atingindo o seu valor mais alto dos últimos 20 anos: 3.677,7 milhões de euros.