Quem vai ser vacinado

As pessoas entre os 50 e os 75 anos com doenças graves, como insuficiência cardíaca, respiratória e renal, os funcionários e utentes de lares de idosos e os profissionais de saúde envolvidos na prestação directa de cuidados deverão ser os primeiros a ser vacinados contra a covid-19, se uma proposta preliminar da comissão de especialistas nomeada pela Direcção-Geral da Saúde (DGS) for aprovada. Serão cerca de 250 mil pessoas em cada um destes grupos, portanto, um total que rondará 750 mil, segundo adiantou ao jornal PÚBLICO uma fonte ligada ao processo.