Pagamentos devido a cancelamentos de viagens

O fundo de garantia de viagens e turismo criado pelo Governo Português, para funcionar como retaguarda caso as empresas falhem o pagamento dos reembolso dos vales emitidos devido aos cancelamentos provocados pela pandemia, tem atualmente sete milhões de euros.
De acordo com o jornal Público, o valor mínimo do fundo é de quatro milhões de euros, com o Ministério da Economia a explicar que “sempre que o fundo atinja um valor inferior a três milhões, as agências de viagens e turismo são notificadas pelo Turismo de Portugal para prestarem contribuição adicional”.