Madeira pode retomar atividades culturais depois da Páscoa

© SM

O vice-presidente do Governo Regional da Madeira, Pedro Calado, admitiu este sábado que, depois da Páscoa, poderá existir algum retomar das atividades culturais, se a pandemia de covid-19 “estiver controlada”.

Fonte: bomdia.eu

“Temos acompanhado a questão da pandemia a nível regional e nacional, estamos a passar por uma fase mais controlada, mas de difícil contenção da pandemia. O que é prioritário assegurar é a segurança da própria população”, referiu Pedro Calado, à margem de uma visita às obras de requalificação da mata da Nazaré, num investimento superior a 500 mil euros do Governo Regional.

Segundo o vice-presidente do executivo madeirense, o Governo Regional está “a pensar que, depois da Páscoa, estejam criadas condições para começar a aliviar ou permitir algum retomar” das atividades culturais.

Contudo, advertiu, é preciso ter “alguma contenção porque, ao mínimo deslize, a região poderá voltar outra vez a ter um crescimento do número de casos” de covid-19.

A secretária regional de Inclusão Social e Cidadania, Augusta Aguiar, acompanhou a visita de Pedro Calado à Mata da Nazaré, contígua ao bairro da Nazaré com 1.450 fogos, metade dos quais está adstrita à Investimentos Habitacionais da Madeira.

As cerca de 4.500 pessoas que vivem no Bairro da Nazaré passarão agora a usufruir de uma zona verde com cafetaria, esplanada, equipamentos para exercício físico, coreto para atividades culturais e de um percurso pedonal.

Até sexta-feira, a Madeira contabilizava 7.805 casos de covid-19 confirmados desde o início da pandemia de covid-19, 7.030 recuperações e 67 óbitos associados à doença.

Na sexta-feira, a região tinha 708 casos ativos de infeção pelo novo coronavírus.