Investigadores portugueses medem “pela primeira vez” variação da idade das estrelas

Uma equipa de investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) conseguiu, “pela primeira vez”, medir a variação da idade das estrelas e obter um conhecimento “mais profundo” sobre a formação e evolução de galáxias espirais.

Fonte: 24.sapo.pt

Em comunicado, o IA adianta que o estudo, publicado na revista científica ‘Astronomy & Astrophysics’, precisou “de vários anos e bastante poder computacional”.

A equipa de investigadores, que analisou perto de “meio milhão de espetros provenientes de uma amostra com todos os tipos de galáxias espirais (como a Via Láctea)”, conseguiu medir, “pela primeira vez”, a variação da idade das estrelas e perceber como é que essa variação se relaciona com outras propriedades da galáxia, tais como a existência de núcleos ativos ou a massa total de estrelas.