Globos de Ouro na América

O épico de guerra “1917”, de Sam Mendes (em Drama), e “Era Uma Vez em… Hollywood”, de Quentin Tarantino (na categoria de Comédia ou Musical), com duas e três estatuetas cada um respetivamente, foram os filmes vencedores dos Globos de Ouro, entregues no domingo, 5 de Janeiro em Los Angeles.
Os grandes derrotados da noite foram as produções da Netflix, que juntava ao todo 17 nomeações e sairam da cerimónia de mãos praticamente a abanar: “Marriage Story” (seis nomeações), “O Irlandês” (cinco), “Dois Papas” (quatro) e “Chamem-me Dolemite” (duas) ficaram sem qualquer prémio à excepção do da interpretação de Laura Dern em “Marriage Story”.

(Publicado no blog SAPO)