EDP paga remunerações anuais até 2023

© DR

A EDP explica que os valores se deve aos acordos de não concorrência que os dois gestores assinaram em novembro de 2020 com a empresa porque tiveram acesso a informação privilegiada em relação à estratégia do grupo. 

Fonte: rtp.pt

António Mexia ex-presidente da EDP vai receber uma remuneração anual de 800 mil euros da empresa nos próximos três anos, apesar de já não exercer funções na elétrica portuguesa desde o ano passado. O mesmo acontece com ex-gestor da área das Renováveis João Manso Neto, que vai receber 560 mil euros por ano durante o mesmo período. Os acordos foram assinados já depois de afastados da empresa por investigações judiciais.